Vibração Ogum – Ogum Malê / Ogum Malei

Hoje, sábado, 26 de maio de 2012, acordei com uma vibração de significância razoável de Ogum Malei. Um Ogum que conheço muito pouco, principalmente sobre o que significa o povo Malei. Sinceramente, nunca o vi em Terra, e existe muito pouca informação sobre o mesmo. É um Ogum que só atua realmente na Quimbanda? Junto com isso, quem é Ogum Malei ou o que é o povo Malei?

Para algumas questões, recorri sim a algumas pesquisas e para outras, tentei fechar meus olhos, colocar uma música relaxante e acender um incenso para ver se obtinha alguma resposta, mesmo assim, como todo bom escorpiano de Xangô, decidi tirar a prova real em pesquisas online.

Muita informação se perde com a forma que nós pronunciamos as palavras, foi bem enfático o nome de MALÊ durante essa vibração e não MALEI como vimos em vários sites a respeito do assunto.

Apenas como referência, utilizaremos o termo Malê, que foi um povo africano que sabiam ler e escrever em árabe e haviam difundido seus cultos e extases com o islamismo, alguns se tornando até sufis, que é uma corrente mística do islamismo. Eram considerados “letrados”.  Com uma simples busca pela wikipedia, temos:

Malê (do hauçá málami, “professor”, “senhor”, pelo iorubá imale, “muçulmano”) era o termo usado no Brasil, no século XIX, para designar os negros muçulmanos que sabiam ler e escrever em língua árabe. Eram muitas vezes mais instruídos que seus senhores, e , apesar da condição de escravos, não eram submissos, mas muito altivos. Na História do Brasil, notabilizaram-se pela chamada Revolta dos Malês, que ocorreu em 1835, na Bahia, onde eram encontrados em maior número, embora fossem encontrados também em PernambucoAlagoas e Rio de Janeiro[1]

 Eram um povo muito culto, possuía uma hierarquia organizada dentro de seu povo  e que também havia em sua hierarquia, guerreiros, o que condiz e muito com a vibração de Ogum em seu povo. Juntamente com essa mescla entre o islamismo, o sufismo e os cultos pagãos do qual não abdicaram, evocavam os djins. Vamos explicar um pouco o que vem a ser um Djin, o que já é algo muito conhecido e foi inserido de forma fantasiosa pela nossa cultura, para economizar algumas palavras, recorrerei novamente ao meu amigo Wiki, para definir rapidamente o que é um Djin.

Um gênio (português brasileiro) ou génio (português europeu) (do latim genìus) é uma espécie de espírito que rege o destino de alguém ou de um lugar. O termo em grego para o mesmo conceito é daimon e pode ser empregado como um equivalente em português ao árabe “jinn | جن”, uma vez que na mitologia árabe pré-islâmica e no Islã, um jinn (também “djinn” ou “djin”) é um membro dos jinni (or “djinni”), uma raça de criaturas sobrenaturais[1].

Os Genios eram espíritos que habitavam o mundo extrafísico, muito conhecido na literatura das “Mil e Uma Noites” como um espírito que habitava uma lâmpada e para aquele que a encontrasse, tinha direito a três desejos, muito parecido com a crença que algumas pessoas ainda possuem sobre os exús. Para a maioria dos islâmicos, são demônios que tem a facilidade de seduzir as pessoas, como ilustra o exemplo dos três desejos, ou seja, algo maléfico. Alguma semelhança com nossos queridos exús segundo a crença popular?

Algumas comparações características retiradas do wikipedia:

Exemplos de Modificações feitas por Deus através de Mohammad no AlCorão, na crença dos Djinn Exemplos de crenças na arabia pré-islamica e em outros locais
Foram criados por Deus e não podem enfrenta-lo. Os Djinn eram todos-poderesos e eternos.
Foram criados por Deus e não podem enfrenta-lo. Homens não devem se comunicar com Djinn e Djinn’ não se deve comunicar com homens.
Não inspiram ninguem, não podem fazer mal nem bem a ninguem foram criados como nós. os Djinn inspiravam poetas, filosofos e profetas. Também acreditavam que os que os Djinn ajudavam as pessoas a obter riquezas ou ajudavam nos problemas do cotidiano.
Não podem fazer magia e ninguém pode, tais coisas não existem. Os Djinn tinham poderes quase “mágicos” e poderia usa-lo contra ou a favor dos homens.
Como tem livre arbitrio os Djinn serão julgados também por seus atos e podem ir para o céu ou inferno. Nunca em local algum se acreditou em tais coisas para os Djinn , os Djinn sempre foram vistos como eternos e imortais e como os anjos nunca seriam julgados, no islam Deus ab-rogou estas crenças sobre os Djinn.

Então aí já encontramos e forte a razão para ser um povo muito presente tanto na Vibração de Ogum quanto na Vibração dos Exús. Ainda podemos acrescentar o fato de ser um povo de origem negra, com conhecimentos árabes, o que ainda podemos compreender que pode vibrar no Oriente.

Então é um povo que possuía um conhecimento absurdamente fantástico, misturar o culto aos ancestrais, algo que os africanos sabiam fazer muito bem, com o que se ensina no Sufismo, que é uma corrente islâmica mística de grande Sabedoria, os Dervixes, e ainda mesclar com o conhecimento monoteísta maometano, temos sim, um povo que foi muito pouco conhecido mas que teve grande importância na revolução da escravatura, segundo alguns dados históricos.

Como os africanos eram exímios evocadores de ancestrais, principalmente a todos os espíritos ligados à natureza, aprenderam também a trabalhar com os Djins, que eram entidades que já poderiam estar ligadas à Quimbanda há muito mais tempo, mas com outros nomes ou classificações, na verdade, tudo pode ser a mesma coisa, somente denominamos de formas diferentes porque todos temos idiomas diferentes.

Com isso, mesmo deduzindo, confirmei que é um Ogum extremamente ligado ao Povo do Oriente e seu conhecimento, é um Ogum que consegue atuar também nas vibrações da Quimbanda, no Polo Negativo do Astral. Por isso, dizem que é um Ogum que lida de forma fantástica com a Linha da Esquerda.

Também explica porque existe uma Falange da Quimbanda totalmente dedicada a esse Povo, a esses Negros que foram Tatás (Mestres/Sacerdotes)  ou até mesmo N’Gangas (Feiticeiros) .  O que podem contribuir e muito com a atuação da Quimbanda, desmanchando quaisquer tipos de malefícios causados a nós, mediuns ou a qualquer outra pessoa.

Esse Ogum diferente das imagens de cavaleiros que se observam em imagens em casas religiosas, se apresentou como um Negro, robusto e vestes brancas com um lado do ombro à mostra, um cinturão de corda e duas adagas. Não consegui ver seu rosto, mas suas cores predominantes eram o vermelho, dourado, algumas detalhes em verde e branco. Vestes muito bonitas, lembrando um Guerreiro Oriental. Não carregava escudos.

Assim que obtiver mais informações a respeito do mesmo, postarei no blog e posteriormente já mandarei o Post de Ogum Nagô e Naruê se assim me permitirem, já que estou fortemente sobre essa irradiação no dia de hoje, espero aprender e compartilhar as informações que obtiver. Só queria aproveitar as informações quentinhas na cabeça e postar rapidamente.

Na mais perfeita Vibração de Deus.

Patacori Sr Ogum.

Salve a Falange de Ogum Malê

E Obrigado pela Oportunidade.

Namastê.

Neófito da Luz

About these ads

14 comentários sobre “Vibração Ogum – Ogum Malê / Ogum Malei

  1. Axe, mas este blog esta ficando cada dia melhor.obrigada por trazer LUZ aos que nao entendem o trabalho arduo e a missao dos filhos dos Oguns que trabalham nos caminhos dos nossos incansaveis Exus. Exigem firmeza de carater, pelo nada que sei, soh uma conduta moral correta pode dominar as trevas. Obrigada pela força!

  2. Vou aguardar ansiosa suas pesquisas sobre Ogun de Male, Ogun de Nago, Ogun Narue, tem mais um. deve ser meu presente de aniversario. Voce tem uma linha direta com o Astral Superior, nada eh por acaso. Axeee!

    • Namastê Irmã.
      Ogum de Malê é o mesmo do post. Os demais OGUNS vou aguardar algum posicionamento da espiritualidade se estou no merecimento de transmitir. Inclusive eu estou ansioso por isso.

      Obrigado pela visita.

  3. Eternamente grata pela energia que flui deste blog. Axe.

  4. Extremamente feliz e realizada com todo o conhecimento que transborda nesse blog. Axé a você meu irmão e que possa continuar a receber essas impressões.

  5. Salve irmao, tenho pedido o caminho e as respostas a meus Mestres, conforme orientaçao do blog.Melhorei do desanimo.mas uma coisa me deixou curiosa. Quando li o post sobre Ogum de Male, sei que meu Ogun pertence a um desses caminhos, a vibraçao foi tao forte e foi um calor nas maos. Uma tremedeira. Devo estar com ‘a bateria’ sem carga, pois me animei um pouco mais. que sera que aconteceu? Isso eles ainda nao me deram resposta…obrigada pela força. AXe.

  6. Excelente texto sobre essa falange.
    Inspira confiança e veracidade. Muito boa concepção sobre esse Ogum

  7. axe irmao, veja soh o que eu achei no seu blog, em 2010: VIBRAÇAO DE OGUN. muito muito obrigada por incluir meu Ogun no post, sem preconceito. somos muito excluidos, quando excluem a vibraçao na qual fui gerada, fico magoada por meu Orixa. Ogum Xoroque, e as lendas absurdas da net. Obrigada, meu Paizao eh bom. E alguem tem que pegar no pesado, nao? sarava e grata eternamente pela Luz.

  8. Boa noite!!! queria saber se tem como encontrar a imagem de ogum male para comprar e queria saber muito mais coisa os sobre esta entidades de muita força e luz!!!pois procurei varios locais para comprar e nao acha!!!!!!!! Se alguem se enterressa saber como ele e entre contato comigo pois meu pai e um mediun e ve ele nitidamente eu queria uma imagen para comprar!!!!!!!!

  9. Gostaria de saber sobre Vibração de Ogum MegÊ.oBG

    • Recebi no meu email hoje 31 de abril de 2014 este lindo texto, porém não entendi haja visto que fora postado em 2012 ou 2010. Infelimente desisti da Umbanda por nao me sentir acolhida e respeitada nas Casas que conheci em Curitiba, por seus freqüentadores e dirigentes. Meu respeito e amor a meus Guias e todas as Entidades, mas a Umbanda para mim é uma grande e festiva desunião.

      • Estamos na mesma estrada, Inayara. As pessoas sujam o verdadeiro objetivo da religião, mas ainda existe muitas pessoas bem intencionadas e nelas devemos enxergar o pilar que sustenta a caridade da religião. Beijos

      • Raras pessoas… Gratidão, você é uma delas. Beijos!💗

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s